Facebook Dating chega ao Brasil; conheça o 'Tinder' da rede social

Função havia sido anunciada no ano passado e só agora chegou ao Brasil

O Facebook anunciou nesta terça-feira, 30, a chegada do recurso Dating ao Brasil, como parte de uma nova fase de expansão da ferramenta, que visa ser uma alternativa da própria empresa ao Tinder. Outros 13 países também estão na nova leva de expansão da ferramenta.

-> Como começar a usar o Facebook Dating

Além da chegada ao Brasil, o Facebook aproveitou a ocasião para anunciar a liberação de um novo recurso chamado Crush Secreto. Diferente do Tinder e da funcionalidade padrão do Facebook Dating, que funcionam à base de “Matchs” com desconhecidos, o Crush Secreto permite marcar alguns de seus contatos da rede social como seus crushs. Se a pessoa corresponder, ambos serão notificados.

O Facebook Dating havia sido anunciado no ano passado, durante a F8, com a promessa de usar o que os usuários têm em comum para aproximá-los.

Reprodução

O Facebook Dating só vai aparecer de maneira opcional para usuários maiores de 18 anos que se declarem solteiros na rede social. Ao topar fazer parte do programa, o usuário poderá criar um perfil quase do zero. As únicas informações do seu perfil principal que são levadas ao Dating são seu primeiro nome, idade e localização. O perfil não é vinculado diretamente à rede social, e seus amigos não terão acesso ao seu perfil do Dating.

O usuário pode escolher fotos do seu perfil original para o perfil do Dating, assim como imagens que tenham sido compartilhadas através do Instagram. O aplicativo também recomenda destacar pontos a respeito da sua personalidade, como "o que é um dia perfeito para você?" e "que música te faz cantar em voz alta?".

Tudo isso além de informações mais objetivas, como profissão, educação, religião, altura, gênero, orientação sexual e se tem filhos ou não. A partir daí, o Facebook Dating começa a te mostrar possíveis pretendentes - pessoas que, como você, tomaram a iniciativa de se cadastrar na plataforma e fizeram um perfil lá. Pessoas de fora do Dating não podem ver quem está dentro.

Pretendentes

O Facebook limita a lista de pretendentes a pessoas localizadas num raio de 100 quilômetros a partir de onde você está. A rede social diz que é para impedir que as pessoas fiquem de "webnamoro", flertando apenas pela internet, e para que elas saiam de casa e encontrem-se pessoalmente com seus pretendentes.

Além disso, por padrão, são mostrados perfis que têm amigos em comum ou interesses em comum - interesses que o Facebook coleta a partir do seu perfil, como as páginas e posts que você curtiu, por exemplo. É possível, manualmente, configurar o app para mostrar somente pessoas completamente estranhas, sem amigos em comum, se o usuário preferir.

Pessoas que são suas amigas no Facebook não aparecem no Dating, mesmo que elas também estejam na plataforma. A rede social diz que faz isso porque uma das principais preocupações de usuários é: "meus amigos e minha família vão ver que estou aqui?". A resposta é não. A empresa também acredita que, se duas pessoas já são amigas no Facebook, elas não precisam de um app de namoro para se conhecer melhor. O recurso de Crush Secreto, no entanto, visa ajudar a aproximar duas pessoas que já se conhecem por meio da rede social.

Deu match!

No Tinder, você precisa deslizar um card para a direita para "curtir" um candidato e para a esquerda se "não curtiu". No Facebook Dating não tem nada disso. Os perfis não são exibidos em forma de cards, mas em lista, com destaque à personalidade, não às fotos. Além disso, o "match" funciona de forma diferente.

Para demonstrar interesse numa pessoa, você deve enviar uma mensagem para ela. Esse chat é aberto apenas dentro do Facebook Dating e não aparece no Messenger, com suas outras conversas da rede social. Se a pessoa não responder, você não pode mandar outra mensagem. Se ela responder, é sinal que houve interesse. "Deu match", no jargão de quem usa Tinder.

Além disso, o chat permite apenas texto e emojis. Não é permitido encaminhar fotos ou vídeos. Com esse sistema, o Facebook pretende limitar comportamento abusivo: uma pessoa não poderá ficar lotando a caixa de mensagens do seu interesse se não for correspondida; e nada de "nudes" indesejados, graças ao bloqueio de fotos e vídeos. Nada impede, é claro, que a conversa migre para o Messenger ou para o WhatsApp, se os dois usuários quiserem.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ