Patinetes elétricos hackeados dizem frases sexuais e ofensivas aos usuários. Confira o vídeo

A Lime, responsável pelos patinetes, lamentou o ocorrido

Pelo menos oito scooters elétricos Lime tiveram que ser removidos das ruas de Brisbane, Austrália, depois de terem sido hackeados para dizer coisas sexuais e ofensivas aos seus usuários. "Ok, mas se você for sentar no meu colo, por favor puxe meu cabelo, de acordo?", dizia um dos veículos hackeados. 

Em outro vídeo, um patinete diz: "Não me leve daqui, não gosto que montem em mim". A empresa Lime, responsável pelos patinetes, diz que está decepcionada com o pirateamento. ""Não é inteligente e não é divertido", disse Nelson Savanh, gerente de Assuntos Públicos da Lime em Queensland.  Segundo outra filmagem postada online, um dos patinetes perguntava onde a pessoa estava indo quando a viagem terminava.

A empresa ainda está atuando em modo teste em Brisbane, onde já encontrou vários obstáculos. Em janeiro, as rodas de suas scooters começaram a bloquear e jogar os usuários pelo ar, alguns dos quais se machucaram feio e precisaram de pontos. 

Em outros lugares do mundo, as empresas de patinetes também não estão vivendo um momento fácil. Pesquisadores da empresa de segurança Zimperium demonstraram recentemente que podem forçar um patinete a acelerar e frear em uma distância de 100 metros, permitindo que hackers causem acidentes. 

Por enquanto, a Lime da Australia pode até se considerar sortuda por ter apenas o seu áudio hackeado para dizer algumas besteiras. 

Via: Gizmodo

 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ