Os Moto Snaps de câmera são bons? Nós testamos

A linha de smartphones Moto Z, da Motorola, vem com um recurso que nenhum outro concorrente possui igual: suporte a componentes externos, chamados de Moto Snaps. Esses acessórios se conectam ao smartphone sem fios ou Bluetooth, e funcionam quase instantaneamente, expandindo as funções do celular original. Nós testamos cada um dos Moto Snaps vendidos no Brasil, e no vídeo de hoje você confere o que achamos do Hasselblad, do Insta-Share e do 360, os módulos de câmera do Moto Z.

Começando pelo Camera 360, um Snap que, como o nome já diz, grava vídeos e tira fotos em 360 graus, usando o app padrão de câmera do Moto Z. Com um aplicativo dedicado, você pode até fazer uma transmissão ao vivo no Facebook em 360 graus. Esse app nem sempre funciona direito, trava com facilidade e pede uma série de privilégios para se conectar ao Facebook. Mas o Snap, em si, funciona bem na maioria das vezes. O problema é o preço: 1.500 reais, um dos módulos mais caros da Motorola.

Já o Hasselblad é um Moto Snap que traz configurações profissionais para a câmera do Moto Z. O Snap traz consigo um zoom óptico de 10 vezes, permitindo fotografar e filmar objetos bem distantes sem perder resolução, o que o zoom digital do celular não consegue fazer. Além disso, há nele um flash Xenon que ilumina a cena sem exageros, deixando o brilho bem natural. Mas não se engane: o acessório não faz as fotos ficarem necessariamente melhores. A abertura dele é pequena, não há estabilização para vídeos e o foco automático é lento. Tudo isso por um preço salgado: 1.500 reais.

Completando a lista de acessórios para a câmera, está o Polaroid Insta-Share. Esse Moto Snap permite que você imprima, na hora, as fotos que tirar com o Moto Z. Para fazer isso, é obrigatório baixar um aplicativo dedicado da Polaroid. A foto pode ser tirada por ele, ou coletada da sua galeria. A impressão fica pronta em cerca de 10 segundos e não precisa chacoalhar o papel. O app também permite aplicar algumas edições e efeitos na foto antes da impressão. O Polaroid vem com apenas 10 folhas no formato 2 por 3, que podem ser compradas separadamente quando acabarem. A impressão é feita por Z-Ink, que não exige cartuchos, mas deixa as cores da foto mais frias que o normal. O preço deste Snap é de 1.000 reais.

Os Snaps de câmera da Motorola estão entre os mais caros da linha Moto Z e funcionam bem em quase todos os casos, apesar de deixarem o celular bem maior e mais difícil de transportar. Alguns têm quase o mesmo preço que o de outro celular, e não possuem tantas funções que justifiquem os valores tão altos. Mas se você não tem um orçamento apertado, não vai se decepcionar com a performance. Eles cumprem o que prometem.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ