Testamos: notebook top de linha da Dell é ótimo, mas preço incomoda

O Dell XPS 13 é um notebook de encher os olhos, com corpo de alumínio bem desenhado e telas de bordas finas. O aparelho sai de fábrica com o Windows 10 Home, processador Intel Core i7 e configurações que podem incluir até 16 GB de RAM e SSD de até 512 GB. Tudo isso, porém, tem um preço: a partir de R$ 8 mil no Brasil.

O Olhar Digital recebeu o produto para testes em uma das suas configurações atraentes, com tela 4K e um corpo branco com ouro rosé. No entanto, a pergunta é inevitável: será que ele vale os R$ 9.230 pedidos pela Dell? Confira a resposta no nosso review do XPS 13!

Design

Enquanto os celulares estão cada vez maiores, os notebooks seguem o caminho inverso para ficarem compactos. E isso o Dell XPS 13 faz com maestria: o aparelho possui uma tela de 13 polegadas, o que já lhe garantia um tamanho pequeno, mas as bordas mínimas faz com que ele se torne ainda menor. Por falar nessas margens, esta talvez seja a característica que mais chama a atenção em um primeiro contato com modelo. Dá até dó de voltar para computadores com faixas convencionais.

O XPS 13 é ainda bastante leve, com peso de apenas 1,21 KG, e espessura de 1,16 cm em seu maior ponto. Com isso, o notebook se apresenta como uma opção interessante para quem deseja carrega-lo para todo o lugar, seja para trabalho ou para lazer. Entretanto, há uma recomendação bastante importante: compre uma capa de proteção.

ReproduçãoO notebook da Dell chega com um corpo externo feito inteiramente de alumínio nas cores prata e ouro rosé. Testamos a segunda opção e, embora a construção do dispositivo seja bastante sólida, não podemos deixar de notar preocupados a facilidade com que o aparelho apresenta manchas e marcas. Já a parte interna do modelo testado tem cor branca, o que também nos deixa receosos com a possibilidade de encardimento com o tempo.

Ainda falando da parte interior, há um teclado de tamanho padrão no modelo, sem teclas alfanuméricas e com mecanismo aparentemente normal. Essas características asseguram que o usuário tenha uma digitação confortável em quase sua totalidade, sentindo ainda um feedback tátil das teclas do notebook. Já o trackpad tem um tamanho padrão para aparelhos Windows, mas a experiência com ele também foi bastante positiva.

Tela

O XPS 13 possui uma tela IPS LCD de 13,3 polegadas com resolução 4K (2160p), prometendo 100% de espectro de cores sRGB, taxa de contraste de 1500:1, função HDR e luminosidade superior a 400 nits. Traduzindo esses números, o que encontramos na prática é uma tela de ótima qualidade para reproduzir seus vídeos em altíssima qualidade e com cores vívidas. A Dell inclui ainda a função CinemaColor para reforçar a imagem das películas e traz ainda melhorias às caixas de som potentes do notebook. Ou seja, no quesito lazer, não há o que reclamar.

ReproduçãoPartindo para a sua utilização no trabalho, o XPS 13 segue com uma boa imagem, mas é também beneficiado por uma tela com pouco reflexo, mesmo em ambientes externos. Para esse tipo de uso, a resolução 4K é um pouco desnecessária, havendo ainda o problema de muitos programas antigos não estarem adaptados para esta qualidade. Entretanto, o usuário pode fazer o ajuste da resolução neste caso para, inclusive, poupar bateria.

Especificações e desempenho

O XPS 13 está disponível no site da Dell em diferentes configurações. O modelo testado pelo Olhar Digital possui um processador Intel Core i7-8550U de 1,80 GHz de oitava geração, 8 GB de memória RAM, 256 GB de armazenamento SSD, placa de vídeo integrada Intel UHD Graphics 620 e a tela de 4K. Para quem busca atividades mais simples, como edição de documentos, navegação na web e assistir vídeos, o laptop oferecerá desempenho mais que suficiente, inclusive para multitarefas.

Já quando o assunto é games, há limitações. Embora o notebook consiga rodar títulos mais antigos e menos exigentes, não espere que o XPS 13 rode jogos de última geração e em resolução 4K. Afinal, não se trata de um laptop gamer e sua própria construção, bem fina e compacta, tende a atrapalhar o resfriamento necessário para uma jogatina mais pesada. Ainda assim, rodamos o teste de desempenho 3DMark e obtivemos 440 pontos no Time Spy.

ReproduçãoOutro ponto em que o notebook da Dell deixou a desejar foi o tempo de inicialização. Embora use um SSD, o XPS 13 levou um tempo bastante considerável para ligar em comparação a outros modelos com discos de estados sólidos. Não é um grave problema, mas não deixa de ser algo que prejudica relativamente a experiência do usuário.

Conectividades

Normalmente, as conexões de um notebook passam em segundo plano em um review, mas este é um item que demanda bastante atenção no Dell XPS 13. O aparelho tem apenas portas USB-C, sendo duas com Thunderbolt 3 e uma convencional. Ou seja, trata-se de um notebook preparado para o futuro, oferecendo o padrão reversível cada vez mais popular e pronto para fazer transferências de altíssima velocidade e conexões com periféricos externos, como placa de vídeo. O grande problema é que ainda estamos em um presente que usa USB-A (a entrada convencional).

Embora seja uma saída melhor que a da Apple, que oferece apenas uma porta USB-C no Macbook, a Dell talvez tenha sido audaciosa demais ao usar apenas entradas deste tipo no XPS. A empresa até oferece um adaptador para USB-A de graça, mas é apenas um e o usuário se vê sem saída quando precisa conectar múltiplos periféricos. Ou seja, por mais que a tendência seja que utilizemos USB-C em todos os nossos dispositivos no futuro [se desconsiderarmos o avanço das tecnologias sem fio, claro], uma porta USB-A ainda é muito necessária em um notebook de 2018.

Reprodução

No mais, o XPS 13 traz uma entrada para cartão microSD e a saudosa conexão de fones de ouvido de 3,5 mm (P2). No campo sem fio, há a conexão Wi-Fi 802.11 ac e Bluetooth.

Sistema operacional e funcionalidades

A Dell equipa o seu XPS 13 com o Windows 10 Home Single Language de 64 bits, que oferece todas funções básicas que o usuário doméstico precisa, exceto a possibilidade de mudar o idioma de exibição. Felizmente, a empresa poupa os seus usuários de mandar muitos aplicativos desnecessários, enviando o PC apenas com os softwares de suporte e drivers.

Uma boa exceção é o Dell Mobile Connect: um aplicativo que conecta o seu smartphone Android e iPhone ao notebook. Em nossos testes com o sistema do Google, foi possível ver as notificações do aparelho, enviar e receber mensagens SMS e também ligações. Outro destaque é a possibilidade de espelhar a tela do telefone no notebook, mas isso depende de uma boa conexão

Outro ponto positivo que chamou bastante a atenção no notebook são os recursos de biometria. A webcam HD (720p) do notebook traz suporte ao Windows Hello, que faz login no sistema via reconhecimento facial em segundos. Além disso, o botão de desligar traz um sensor de impressão digitais, o que é mais uma opção bem-vinda para quem deseja entrar no PC sem digitar senhas.

Bateria

Chegamos a um ponto crucial para um computador portátil: a duração da bateria. O XPS 3 traz um componente de quatro células e capacidade de 52 Whr. Em nossos testes, obtivemos entre cinco e sete horas em um dia de trabalho contínuo com aplicativos do pacote Office (Word, OneNote e Outlook) e navegador Opera abertos na maior parte do tempo, além de configurações sem fio ligadas e brilho no máximo. Não cobre uma jornada de trabalho completa, mas é um resultado razoavelmente satisfatório.

ReproduçãoNeste ponto, o desempenho vai depender do seu tipo de uso. Para prolongar mais a duração da bateria, considere reduzir o brilho da tela, fechar aplicativos ociosos e também desligar as conexões sem fio que não estão sendo utilizadas. Outra solução pode ser diminuir a resolução 4K, se estiver em um desses modelos, já que a própria fabricante promete uma autonomia maior para os aparelhos com tela Full HD.

Preço e disponibilidade

O XPS 13 já está disponível no site da Dell com preços que variam entre R$ 8 mil e R$ 10,5 mil, dependendo das configurações escolhidas. Entre os itens que podem ser personalizados pelo usuário estão: as cores da carcaça, a resolução da tela, o suporte ao touchscreen e a ficha técnica, incluindo o processador, memória RAM e armazenamento.

Conclusão

Com configurações interessantes e design elegante, o XPS 13 é certamente um notebook que chama a atenção de qualquer um. Mas não fica só nisso, já que o notebook entrega toda a experiência que você espera de um dispositivo top de linha com o Windows 10. A tela 4K, o suporte a biometria e a boa qualidade sonoros são certamente características bem-vindas.

A grande barreira para o aparelho da Dell, contudo, é o seu preço. O valor de R$ 9.230 não só está muito acima do que a maior parte dos brasileiros pode pagar, mas também nos faz questionar se a entrega justifica a etiqueta. Sabemos que não é um problema exclusivo do XPS 13, mas é provável que haja muitas maneiras melhores de se investir quase R$ 10 mil, inclusive na compra de notebooks.

Agora, se você está convencido que o XPS 13 é o aparelho ideal para você e não se importa com o valor, não há o que ter dúvida. Neste notebook, o notebook da Dell tem bastante atenção aos detalhes e promete durar por anos, inclusive já preparado para o tão prometido futuro “USB-C”. No fim, o critério decisivo é, sem dúvidas, o preço.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ