Táxi aéreo, autônomo e elétrico

No ano passado, nós mostramos aqui no boletim a primeira experiência de voo da Kitty Hawk. A empresa criou um drone autônomo e totalmente elétrico, chamado Cora. A aeronave ganhou os céus da Nova Zelândia em seus primeiros testes. Agora, o protótipo ganhou um reforço de peso para decolar de vez e se tornar um produto comercial: a Boeing acaba de anunciar uma parceria com a Kitty Hawk para acelerar o desenvolvimento do Cora e de outros projetos de aeronaves autônomas da empresa. Em seus primeiros voos, o Cora conseguiu alcançar próximas a 180 quilômetros por hora, a altitudes entre 150 e 900 metros. Na sua concepção, o veículo foi pensado para deslocamentos urbanos, e, justamente por isso, entrou para a categoria de táxis aéreos autônomos. O mesmo tipo de veículo que, aliás, talvez vejamos nos céus de Paris durante os jogos olímpicos de 2024.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ