Novo recurso contra pirataria dentro dos cinemas

A indústria cinematográfica mundial está determinada a combater a ameaça das filmagens ilegais dos filmes enquanto eles são projetados nos cinemas. No início deste ano, as empresas Ogilvy e a Focus Film Media, anunciaram uma parceria, juntas criaram um novo sistema que pretende acabar com as filmagens ilegais. Ao tentar capturar a tela, uma marca d'água invisível para o espectador aparece na tela dos dispositivos, impedindo que a imagem seja vista. O sistema funciona através de uma onda de luz infravermelha que não pode ser vista ao olho nu, mas que os sensores dos dispositivos de câmeras acabam captando. O projeto ganhou o nome de ‘Piracy Blockr’ e recebeu atenção depois que Vingadores: Ultimato foi lançado na Àsia e cópias do filme apareceram on-line horas depois de serem gravadas nos cinemas. A ideia de usar a luz infravermelha para proteger as produções não é nova, um projeto semelhante foi criado há dez anos no Japão, mas não foi aplicado nos cinemas, agora o novo projeto garante ser mais efetivo e deve entrar em ação nos próximos anos.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Últimos vídeos

Robô-pato pode salvar a lavoura

Robô-pato pode salvar a lavoura

24/06/19 20h06

Momento rural. A gente não sabia, mas os patos são grandes auxiliares dos produtores de arroz – pelo menos no Japão. Por... saiba mais