Feito histórico de sonda espacial japonesa

Feito histórico. A sonda japonesa Hayabusa 2 conseguiu pousar pela segunda vez no asteroide Ryugu. A façanha foi levada a cabo na última quarta-feira, dia 10 de julho. Além de superar a enorme dificuldade de pousar num corpo celeste que desloca em alta velocidade pelo espaço, a sonda deve ter sido capaz de coletar material do subsolo do asteroide. Deve ter sido porque só saberemos com certeza se a coleta deu certo quando a Hayabusa voltar a Terra, no ano que vem. O asteroide Ryugu está a nada menos que 300 milhões de quilômetros de distância, e trata-se de um pedaço de rocha com apenas 870 metros de largura. Pela distância, e pelas dimensões do corpo celeste, dá para ter uma ideia da dificuldade para colocar uma sonda em sua superfície. Os cientistas terão que esperar vários meses para saber se a coleta de amostras deu certo, mas as imagens geradas pela sonda e a proeza do pouso já valeram a viagem. Detalhe: essa foi a segunda vez que os japoneses conseguiram fazer a Hayabusa pousar no asteroide Ryugu.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Últimos vídeos

Drones viram 'companheiros' de caças

Drones viram 'companheiros' de caças

23/08/19 21h00

Um novo drone para fins militares ganhou os céus. Dessa vez, nos Estados Unidos. O Valkyrie já havia sido testado em março deste... saiba mais