Youtube Kids pode ficar restrito a um aplicativo separado da plataforma principal

Depois de escândalos, plataforma de vídeos está considerando mudar todos os conteúdos orientados para crianças para um app mais controlado

O tratamento de vídeos infantis pelo YouTube tem sido problemático, para dizer o mínimo, e a empresa aparentemente está quer realizar mudanças importantes na política para evitar mais incidentes.
Fontes do Wall Street Journal informam que a plataforma está considerando mudar todos os vídeos orientados para crianças para um aplicativo diferente e desativar o recurso de reprodução automática nessa programação.

Ambos os movimentos podem prejudicar a receita publicitária, mas teoricamente eles afastam as crianças de clipes " censuráveis ". Contudo ainda está muito incerto o quão perto o Youtube está de realmente implementar essa decisão- ou qualquer outra. Uma porta-voz disse que a divisão do Google "considera muitas ideias", mas que algumas permanecem apenas como isso - ideias.

Vale lembrar, porém, que o Google sofreu com muitos incidentes relacionados a vídeos e comentários pertubadores no Youtube Kids. Por essa razão, não seria surpreendente que a empresa tomasse a decisão de transferir o negócio. Inclusive, isso poderia impedir possíveis investigações do governo.

Aliás, o YouTube pode nem ter a palavra final na decisão. Fontes do WSJ afirmam que o CEO do Google, Sundar Pichai, esteve "pessoalmente envolvido" no modus operandi da plataforma por causa de alguns dos seus escândalos recentes. Se ele achar que a plataforma de vídeos não está fazendo o suficiente para proteger as crianças, políticas como essa poderiam ser implementadas, independentemente do que a gerência da unidade deseja.

Via: Engadget

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ