Oi é a primeira operadora do Brasil a usar RCS, o 'SMS do futuro'

A operadora Oi é a primeira do Brasil a adotar o protocolo RCS (Rich Communications Service) no país. O novo padrão de mensagens de texto adiciona recursos multimídia às conversas e é conhecido como uma espécie de "SMS do futuro".

Com o RCS, é possível criar grupos de conversas, compartilhar fotos e vídeos em alta resolução, ver quando o contato está digitando e muito mais. A tecnologia deixa as mensagens de texto comuns mais parecidas com mensagens por WhatsApp, por exemplo.

Para habilitar o RCS, a Oi aproveitou a tecnologia oferecida pelo Google. A empresa trouxe o novo padrão ao Brasil no final de 2017 numa parceria com três operadoras, entre elas Claro e Vivo, mas a Oi foi a primeira a transformar o plano em realidade.

A novidade está sendo liberada para clientes da Oi lentamente desde o final de 2018, segundo informações do site Mobile Time. Para usar o RCS, o cliente precisa estar usando Android num smartphone compatível com a tecnologia e o aplicativo padrão de SMS do Google, o Mensagens (veja no Google Play).

Além disso, para que os recursos do formato RCS funcionem devidamente, a pessoa com quem se está trocando mensagens deve cumprir as mesmas exigências: smartphone Android, aplicativo Mensagens instalado e chip da Oi. A novidade não funciona em iPhones.

A Oi diz que, atualmente, cerca de 20% da sua base de usuários está habilitada para experimentar o novo recurso.

Como saber se eu tenho RCS?

Se você cumpre os requisitos, um alerta vai surgir na tela do seu smartphone assim que você abrir o app Mensagens. O texto do alerta não faz qualquer menção ao protocolo RCS, mas sugere um recurso que permite que você "converse por Wi-Fi e rede de dados, compartilhe fotos de alta resolução e muito mais".

Após aceitar o upgrade, você receberá, em alguns instantes, um novo alerta avisando sobre a chegada dos novos recursos. Ou você pode, também, acessar as configurações do app e ativar os "recursos de bate-papo" manualmente.

Vale destacar que o RCS exige conexão com a internet, seja por Wi-Fi ou redes móveis (3G ou 4G) para funcionar. A cobrança é feita descontando do seu pacote de dados, e não como um envio de SMS simples. Na prática, o custo de enviar um RCS é o mesmo de enviar uma mensagem por WhatsApp, portanto.

A grande maioria das fabricantes de smartphones Android já suportam o padrão RCS em seus dispositivos mais recentes, incluindo Samsung, Motorola, LG, Asus e Huawei.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ