Huawei deve lançar celular com câmera de lente líquida em 2019

Em 2018, a Huawei liderou o ranking da lista de smartphones com a melhor câmera do mercado. No benchmark DxOMark, tanto o Mate 20 Pro quanto o P20 Pro receberam a pontuação mais alta entre dispositivos móveis, ambos 109 pontos. Para manter a coroa, tudo indica que a Huawei vai investir ainda mais neste quesito este ano.

De acordo com fontes ligadas à fabricante chinesa, a Huawei está se preparando para lançar um celular com câmera tripla e tecnologia de lente líquida. Acredita-se que o módulo de câmera de lente líquida seja anunciado com o Mate 30 Pro. Isso representaria um grande avanço para a indústria móvel, deixando a Huawei à frente no mercado.

O que é e como funciona a lente líquida

Ao contrário de muitas câmeras que usam uma lente mecânica ou um software para mudar o foco, uma câmera com uma lente líquida faz o foco ao receber uma carga elétrica. Este líquido, que pode ser uma mistura de óleo e água, muda de forma em fração de segundos quando isso acontece.

Existem várias vantagens no uso das lentes líquidas. A primeira está relacionada à velocidade e à precisão com que ela muda de foco. É extremamente rápido e qualquer objeto focado fica nítido em tempo real. A segundo vantagem é que usa apenas líquido, logo, não há necessidade de partes móveis.

Quando se trata do uso de uma lente líquida para celulares, também precisamos levar em consideração um terceiro ponto positivo, a lente líquida ocupa uma pequena área, portanto, o volume da lente da câmera será pequeno. Além disso, ela pode alcançar um grande alcance de zoom, já que tudo o que você precisa fazer é mudar a voltagem da carga que determina a forma que o líquido toma para a faixa de zoom desejada. Por fim, por todas essas razões, uma lente líquida pode é considerada barata.

Em novembro do ano passado, a Huawei registrou uma patente para o uso de lentes líquidas em smartphones. Agora, a empresa estaria preparando um módulo de câmera tripla, que inclui um sensor RGB, um sensor monocromático e um sensor TOF. Segundo uma fonte interna, esse módulo tem um líquido dentro, logo, tudo leva a crer se tratar de uma lente líquida. Ao contrário do que temos nos Mate 20 Pro, o novo módulo de câmera estaria organizado verticalmente junto com o flash de LED, mais parecido com o do P20 Pro.

Essa é uma excelente notícia para a indústria, visto que com o número cada vez maior de lentes em smartphones, a tendência é o aumento no preço dos aparelhos. Com opções melhores e mais baratas, como as lentes líquidas, talvez o preço de produção dos aparelhos seja menor e, por consequência, o valor final do aparelho.

Fonte: Gizmochina

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ