Google Play usa inteligência artificial para interpretar avaliações de apps

A nova classificação está se baseando em opiniões positivas e negativas, independente das estrelas atribuídas

Desde o final do ano passado, a Google Play está ativando aos poucos – de forma bem lenta – uma nova interface para classificação de suas opiniões. A principal novidade é o filtro de classificações que usa tecnologia de inteligência artificial.

Até hoje, a loja de aplicativos usava um sistema de estrelas, que eram reunidas para dar uma nota final para um app com base nas análises do público. Com esse novo filtro, as opiniões mostradas serão baseadas em se elas são positivas ou negativas, sem necessariamente levar em conta a pontuação de estrelas dada pelo usuário.

Esses novos filtros começaram a aparecer na nova interface e receberam o nome de Positivos e Negativos. Com o filtro Positivos, devem aparecer apenas resenhas positivas; já no filtro Negativos, apenas as avaliações negativas. Na prática, não é assim.

O sistema de inteligência artificial interpreta o texto com base em palavras-chave, ignorando as avaliações em estrelas. Desta forma, há avaliações interpretadas como positivas que contam com duas estrelas e resenhas interpretadas como negativas com três estrelas ou mais.

O mecanismo ainda não está funcionando como deveria, classificando avaliações negativas como positivas e vice-versa. O sistema também falha em classificar avaliações que estão no “passado”, que falam que um aplicativo era bom e se tornou ruim após uma atualização. Por esses motivos, o sistema ainda está em fase de testes e não está disponível para todo mundo.

-> Google: história, curiosidades e tudo que você precisa saber sobre a empresa
-> Google Play Store: tudo sobre a loja de aplicativos do Android

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ