Facebook terá ferramenta dedicada para encontrar relacionamentos amorosos

Hoje durante a F8, a conferência anual de desenvolvedores do Facebook, o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, anunciou que pretende lançar um recurso dedicado a relacionamentos amorosos na plataforma. O novo recurso seria semelhante a aplicativos como o Tinder, mas dedicado a "relacionamentos mais sérios", segundo Zuckerberg.

O lançamento da ferramenta foi motivado pelo fatos de que a rede social tem mais de 200 milhões de pessoas listadas como "solteiras", e que um em cada três casamentos nos EUA começa online. A ideia da rede social, portanto, é usar suas ferramentas de conexão de pessoas para formar novos casais. Embora qualquer pessoa com um perfil do Facebook poderá usá-la, ela será totalmente opcional.

Ainda não há muitos detalhes sobre a novidade. No entanto, a rede social garantiu que a ferramenta foi "desenhada com privacidade e segurança em mente desde o começo". Outro fator importante para a ferramenta, segundo a rede social, será privacidade. E, por isso, a ferramenta não permitirá que os amigos das pessoas que a utilizam vejam seu perfil na plataforma de encontros.

Como vai funcionar

Da mesma maneira como o Tinder, a ferramenta mostrará aos usuários sugestões de pessoas com as quais elas podem conversar. E, segundo o Facebook, a ferramenta não mostrará nenhum amigo dos usuários como sugestão - apenas pessoas desconhecidas, ou no máximo amigos de amigos, serão mostrados como sugestão.

A plataforma de encontros funcionará de maneira paralela ao Facebook para quem decidir usá-la. A pessoa pode deixar evidente, na plataforma, os interesses que quer compartilhar ou os eventos aos quais pretende ir. Dessa forma, outros usuários podem ver esses dados e começar a conversar sobre eles. As conversas acontecerão em uma plataforma própria, separada do Messenger ou do WhatsApp.

Zuckerberg não deu nenhum detalhe sobre quando a plataforma deve ser lançada - dizendo apenas que ela "chega em breve". No entanto, quando ela chegar, pode ser uma alternativa interessante aos aplicativos de relacionamento que já estão no mercado - afinal, o Facebook provavelmente já possui mais dados sobre seus usuários do que qualquer um deles. De fato, segundo o The Verge, as ações da Match Group (empresa dona do Tinder) caíram mais de 20% logo após o anúncio.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ