Escola chinesa usa reconhecimento facial para monitorar atenção de alunos

O reconhecimento facial está sendo usado dentro de uma escola chinesa para medir a atenção dos alunos durante as aulas. A "sala de aula inteligente" ganhou um sistema de câmeras que observa a reação dos estudantes durante as aulas dadas pelos professores.

O "sistema de gerenciamento comportamental de sala de aula inteligente" usa três câmeras posicionadas acima do quadro negro para espionar o que estudantes fazem durante a aula em uma escola em Hangzhou, no leste do país asiático.

Ao capturar o rosto dos alunos, o sistema classifica a atenção da pessoa em sete categorias diferentes de emoções, incluindo neutro, feliz, triste, decepcionado, bravo, assustado e surpreso.

Quando o sistema detecta que um aluno está distraído durante a aula, ele envia uma notificação para o professor tomar uma ação, de acordo com o The Telegraph.

Segundo o site local Hangzhou.com, o comportamento dos estudantes já foi alterado pela presença do sistema. Um aluno disse ao veículo de mídia vinculado ao governo chinês que costumava dormir durante aulas chatas, mas agora não fica distraído devido às câmeras que monitoram constantemente o seu comportamento.

O sistema já está recebendo uma série de críticas. No site Weibo, uma versão chinesa do Twitter, um usuário disse que ficaria ainda mais distraído em sala com a presença das câmeras. "Se eu ainda estivesse na escola, não conseguiria me concentrar em nada a não ser na câmera me observando."

Por enquanto, apenas uma sala de aula já conta com o sistema, mas a ideia é que todos os estudantes da escola passem a ser monitorados pelas câmeras no futuro.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ