Diretor e outros funcionários do marketing da Samsung EUA saem da empresa depois de investigação interna

O The Wall Street Journal reportou que a empresa revisou suas operações de marketing para investigar propinas ou outras formas de suborno entre funcionários da empresa sul-coreana e seus parceiros

A Samsung conduziu uma investigação interna de irregularidades de suas operações de marketing nos EUA e que levou à demissão de vários funcionários, de acordo com uma reportagem publicada nesta sexta-feira, 22, pelo The Wall Street Journal. Segundo o jornal, alguns membros da equipe deixaram o cargo, sem indenização, no dia 15 de março após a auditoria.

Dias antes, o diretor de marketing da empresa nos EUA, Marc Mathieu, havia deixado seu posto repentinamente. Mathieu atuava na Samsung há quase quatro anos. Ao The Verge, a Samsung não confirmou a realização da auditoria e se a saída de Mathieu estava ligada à investigação.

Na ocasião, a gigante sul-coreana comunicou que o executivo estava buscando outras oportunidades fora da Samsung. “Agradecemos-lhe pelo seu tempo e esforços e desejamos-lhe o melhor em seus futuros empreendimentos”, disse um porta-voz da empresa ao The Wall Street Journal. A empresa não deu mais detalhes sobre a saída de Mathieu bem como ainda não nomeou um substituto.

A matéria do The Wall Street Journal afirmou que a gigante de tecnologia vinha investigando se sua equipe de marketing estava violando as normas de compliance (boas práticas) da empresa em relação aos seus parceiros de negócios.

A auditoria fez revisões das operações de marketing para investigar a existência de propinas ou outras formas de suborno entre a equipe da Samsung e suas parcerias. A reportagem, no entanto, não esclareceu quais violações a auditoria pode ter encontrado. Funcionários envolvidos disseram que as descobertas da Samsung eram “insignificantes” e que eles foram tratados injustamente.

Em um comunicado ao The Verge, um representante da empresa negou irregularidades, dizendo apenas que “mudanças na organização foram feitas em nossa divisão de marketing". “Temos uma forte equipe de gestão nos EUA, que continua focada em continuar a fornecer a nossos clientes na América do Norte os produtos e experiências que eles esperam da marca Samsung”, disse.

O The Wall Street Journal lembra que a equipe de marketing geralmente acompanha os parceiros a eventos patrocinados pela Samsung, como o Super Bowl ou o Oscar. A prática pode representar um conflito de interesses entre os funcionários e a empresa e levantar questões sobre se os profissionais da divisão estão direcionando os recursos para os melhores meios de divulgação.

Marc Mathieu, apesar de pouco conhecido, foi figura principal que pressionou a Samsung a investir em criadores de conteúdo do YouTube e conduziu o marketing da empresa em períodos turbulentos. Um deles foi a recuperação da credibilidade da companhia depois dos diversos casos de explosão de baterias no Galaxy Note 7, que levou à suspensão de vendas do aparelho em 2016. Mathieu também trabalhou no lançamento do Galaxy S8 e S8 Plus, smartphones essenciais para restaurar a reputação da Samsung, em 2017.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ