Robô joga videogame com precisão sobre-humana em maratona de caridade

Terminou no último fim de semana mais uma edição do Summer Games Done Quick (SGDQ), um evento organizado anualmente e que consiste em maratonas de videogames transmitidas pela web com o objetivo de arrecadar fundos para instituições de caridade.

Neste ano, o evento arrecadou US$ 2,1 milhões, principalmente através de doações de participantes e de quem assistiu aos chamados "speedruns" - maratonas em que os jogadores tentam chegar ao final de um game no menor tempo possível -, informou o Hollywood Reporter.

Foi a maior arrecadação da história do SGDQ, que é realizado desde 2011. A maior parte das doações foram encaminhadas para a organização internacional Médicos Sem Fronteiras, que leva ajuda humanitária a regiões em conflito ou atingidas por tragédias.

Nem todas as maratonas são realizadas por seres humanos, porém. Uma das categorias de speedruns que frequentemente aparece no SGDQ é a de robôs. Mais precisamente, são maratonas feitas com o TASBot, um pequeno robô criado em 2013 pelo streamer dwangoAC.

Trata-se de uma máquina que, equipada com peças de Lego e uma placa de circuito customizada, consegue se conectar diretamente ao sistema de leitura do controle de qualquer console ou jogo para PC. Assim, o robô consegue realizar manobras com precisão sobre-humana.

Um dos momentos mais marcantes do SGDQ 2018, como destacou o Ars Technica, foi quando a equipe por trás do TASBot colocou o robô para jogar "F-Zero GX" no GameCube usando um Game Boy Advance como controle. Confira no vídeo abaixo a façanha.

Em outro momento, destacado pelo site IGN, o TASBot fez uma exibição jogando "Celeste", um recente jogo independente do gênero plataforma e que também exige muita coordenação motora. Para completar o game, o robô foi obrigado a realizar manobras fisicamente impossíveis para mãos humanas, como saltar e mudar a direção da personagem Madeline no ar em tempo suficiente para não cair em espinhos. Confira abaixo.

Já neste outro vídeo, o TASBot joga "Super Metroid" em um SNES, abusando de uma série de códigos, bugs e brechas no jogo para finalizá-lo em pouco menos de 8 minutos.

Muitas outras maratonas igualmente impressionantes realizadas por mãos humanas podem ser vistas no canal do Games Done Quick no YouTube. O SGDQ se junta ao Awesome Games Done Quick, uma outra campanha de maratonas feita para arrecadar fundos para a caridade. Esta, por sua vez, é realizada no inverno do hemisfério norte (verão no Brasil), e a próxima acontece em janeiro de 2019.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ