Nvidia desenvolve uma plataforma de computação com 16 placas de vídeo

A Nvidia anunciou sua plataforma de servidores em nuvem HGX-2. Segundo informações do TechRadar, a empresa afirma que a sua plataforma de computação é a “mais rápida que a humanidade já criou”.

O dispositivo conta com 16 placas de vídeo de supercomputação Tesla V100 equipadas com 32GB de memória, que trabalham juntas para criar uma espécie de GPU virtual com 500GB de memória de vídeo e dois petaflops de poder computacional. Além disso, ele também conta com uma tecnologia de malha de interconexão Nvidia NVSwitch que une as GPUs para que elas funcionem como um único componente.

Apesar de o sistema ter especificações de deixar qualquer fã de videogame com vontade de testar, ele não está sendo projetado para uso comum. O aparelho será capaz de realizar cálculos de alta precisão para computação científica, simulações e treinamento de inteligência artificial.

De acordo com a Nvidia , o HGX-2 alcançou velocidades recordes de treinamento de inteligência artificial de 15.500 imagens por segundo no benchmark de treinamento ResNet-50 e é poderoso o suficiente para substituir até 300 servidores.

O HGX-2 deve chegar ao mercado ainda em 2018, através de fabricantes de servidores como Lenovo e Foxconn. A Nvidia também apresentou o DGX-2, que é um sistema construído usando a plataforma de servidor HGX-2, e vem com 2 petaflops de poder de computação e 512GB de memória HBM2.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ