Novo smartphone da Asus tem 8 GB de RAM e recursos focados em games

A Asus aproveitou a semana de Computex, um dos principais eventos de tecnologia do mundo, para anunciar um novo smartphone com Android. Mas nada de Zenfone: com o selo da linha de hardwares gamers da empresa, o ROG Phone vem com processador Snapdragon 845, 8 GB de RAM e uma série de recursos focados em jogos, indo de tela com taxa de atualização mais alta até um sistema bem peculiar de refrigeração.

O aparelho segue a proposta do Razer Phone de focar nesse nicho de jogos mobile. Assim como celular rival, o ROG Phone tem como um dos principais destaques a tela com taxa de atualização de 90 Hz. É menos do que a do concorrente, que bate os 120 Hz, mas o display de 6 polegadas nesse caso é um AMOLED com resolução 2.160 x 1.080.

Refrigeração e sensores ultrassônicos

Dois outros recursos interessantes são o sistema de refrigeração e os três sensores “ultrassônicos” localizados nas laterais do aparelho. O primeiro, chamado “3D vapor-chamber cooling system”, consiste em radiadores de cobre e peças de carbono presas à placa de circuitos, cobrindo praticamente todo o interior do smartphone. Com isso, o celular tem uma área de dissipação de calor 16x maior do que a de um aparelho normal. Assim, na hora de rodar um jogo mais pesado e esquentar, o processador pode aguentar mais tempo antes de começar a dar sinais de cansaço.

Falando dos sensores, dois deles, localizados no lado direito do aparelho, podem ser usados como “gatilhos” programáveis em jogos (mais ou menos como os R1 e L1 do controle do PlayStation). Já o terceiro, que fica na parte inferior da esquerda, funciona em conjunto com um da direita e permite ao usuário “espremer” o smartphone para alternar entre apps. É quase como o que a HTC fez recentemente com o U11.

Acessórios e especificações

A Asus também pretende oferecer uma série de acessórios, incluindo um cooler externo que pode ser preso ao dispositivo para melhorar ainda mais o sistema de refrigeração. A lista de itens ainda inclui uma dock que adiciona uma segunda tela e mais bateria ao celular e outra que o “transforma” em um computador (mais ou menos como o DeX da Samsung). Esses equipamentos ficam plugados em duas portas USB-C na lateral do aparelho, que ainda tem uma terceira na parte de baixo, como quase qualquer outro smartphone.

Em termos de configurações “padrão”, o processador do ROG Phone é um Snapdragon 845 com frequência um pouco mais alta do que o normal, de 2,96 Ghz. O chip vem acompanhado de 8 GB de RAM, 128 ou 512 GB de armazenamento e bateria de 4.000 mAh. As câmeras são as mesmas do Zenfone 5: duas lentes traseiras, de 12 e 8 megapixels, e uma frontal, de 8 megapixels. Por fim, além do já esperado Wi-Fi 802.11ac, o celular tem suporte ao padrão sucessor de internet sem fio, o 802.11ad — o que pode garantir velocidades ainda maiores com roteadores compatíveis. O aparelho deve ser lançado no terceiro trimestre deste ano e ainda não tem preço estimado.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ