Golpes usam versões falsas de Fortnite para Android para enganar usuários

A versão para Android do popular game Fortnite ainda não saiu, mas cibercriminosos já estão se aproveitando da expectativa pelo lançamento oferecer versões falsas e enganar usuários. Eles usam vídeos no YouTube para atrair pessoas que estão em busca da APK do jogo, incentivando-as a baixar outros aplicativos, falsos e potencialmente maliciosos, nos smartphones. O alerta foi dado por Lukas Stefanko, especialista em segurança da ESET, no Twitter.

A tática é relativamente simples. Os golpistas produzem vídeos com títulos atraentes e que os fazem ficar bem posicionados nos resultados de busca do Google – coisas na linha de “Como baixar Fortnite para Android”. Um usuário que procura por esses termos acaba, então, se deparando com os links logo de cara. Os prints publicados por Stefanko mostram que há muitos vídeos do tipo, que somados acumulam milhões de visualizações.

Os endereços por si só são inofensivos, e levam ao YouTube. O risco mesmo está nas URLs mostradas nas descrições ou no decorrer dos vídeos, que direcionam os usuários para páginas de download de apps falsos, perigosos ou que simplesmente não tem nada a ver com Fortnite.

Baixar os APKs não libera acesso a versões beta do game e nem garante convites para testar o jogo, como muitos prometem. O único resultado é geração de receita para os criminosos ou, em casos mais extremos, comprometimento do aparelho e das informações da vítima.

As buscas pelos termos “Fortnite” e “Android” juntos no Google começaram a crescer já nas primeiras semanas de março, quando a versão do game para iOS foi lançada. A edição para Android, no entanto, só deve sair nos próximos meses, durante o verão norte-americano (inverno daqui), segundo a desenvolvedora Epic.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ