Calculadora, Apple Watch, impressora... Doom roda em qualquer lugar!

O clássico shooter recebeu inúmeras versões para diversos consoles, mas alguns fãs mais devotos conseguiram rodá-lo nos mais inusitados dispositivos

Doom é um dos jogos mais importantes na indústria dos games. Lançado em 1993, ele logo foi considerado um marco, seja por ser o jogo que definiu o gênero shooter, pelo banho de sangue que cada fase proporciona ou simplesmente por sua trilha sonora – com muito Heavy Metal. O game original pode não chegar aos pés da qualidade gráfica de novas versões, porém ele ainda pode ser jogado, em quase qualquer lugar.

O código-fonte do jogo foi lançado em 1997, o que permitiu que desenvolvedores modificassem e adaptassem o game para rodar em uma imensa quantidade de plataformas e dispositivos. Pra mostrar essa versatilidade o Olhar Digital separou uma lista com os dispositivos mais inusitados onde é possível rodar Doom. Lembrando que a lista leva em conta dispositivos onde ele chegou a ser executado, não sendo importando se o jogo roda "bem" ou mesmo se é jogável. Confira:

  • Calculadora gráfica

Mesmo com o hardware pouco potente, as calculadoras gráficas conseguem reproduzir o jogo sem grandes problemas. Mesmo com a falta de cores do dispositivo, o game é reproduzido de forma fluída.

  • Caixa Eletrônico

Muitas pessoas vão a caixas eletrônicos para sacar dinheiro e realizar transações bancárias, certo? Mas há quem acredite que o aparelho deva ser usado para diversão. A falta de botões da máquina não foi um empecilho para que Doom funcionasse. Os botões laterais do caixa - aqueles que se usa para selecionar a opção desejada - foram adaptados para servir de controle.

  • Apple Watch

Mesmo sendo comprovado que o game roda perfeitamente no smartwatch da Apple, o game é "injogável" por causa do tamanho da tela. De qualquer forma, esse é mais uma maneira de ter Doom sempre com você (mesmo que não seja tão prática assim).

  • Touchbar de Mackbook

Esse é um feito bastante admirável. Pela proporção da pequena tela não há como saber o que se passa no jogo, mas é bem interessante observar até onde a criatividade dos gamers vai.

  • Impressora

Mesmo com a dificuldade de exibir cores (ironia, não?), o jogo roda muito bem na tela desta impressora. Esse teste não é apenas curioso, mas útil: ele mostra o quão insegura pode ser uma impressora. O hack pôde ser feito após o indivíduo responsável pela modificação ter invadido o sistema do dispositivo e forçado uma atualização de firmware que obriga o sistema a rodar qualquer software.

  • Única tecla de um teclado

O Optimus Maximus, teclado lançado no início de 2008, permite que cada tecla seja programável individualmente com símbolos e letras específicas para cada tipo de jogo. No entanto, alguém decidiu usar uma das teclas para rodar Doom. Isso mostra que o shooter pode ser jogado em literalmente qualquer coisa que possua uma tela.

  • iPod antigo

Para essa modificação, foi utilizada a versão Nano do iPod da Apple. Essa alteração é bastante simples e pode ser realizada por quase qualquer pessoa que ainda possua um desses dispositivos e tenha paciência de realizar os procedimentos disponíveis na internet.

  • MP3 Player

Mesmo estando obsoletos, os MP3 player fizeram a felicidade de muitas pessoas por anos. Agora, até mesmo esses pequenos dispositivos podem se tornar dispositivos em que Doom pode funcionar. Mesmo com a precariedade da tela, alguns pixels nos dão uma pista do que está sendo reproduzido.

  • Dentro do próprio Doom

Que Doom pode ser reproduzido em muitos sistemas, isso é inegável. Mas ninguém poderia imaginar que ele pode ser jogado dentro dele. É isso mesmo. O feito insere uma máquina de arcade dentro do game onde é possível jogar diversos jogos, dentre eles, o próprio Doom. Isso seria considerado um "Doomception". Não entendeu? Veja o vídeo:

  • Bônus: Torradeira

Nesse caso em específico o jogo não rodou diretamente em uma torradeira. Mas as torradeiras foram usadas como controles. Quem projetou a engenhoca precisou de um computador e várias torradeiras para simular os controles do jogo. Com a alavanca dos dispositivos, ele realizava diversas ações dentro do game. Confira:

Após essa lista, chegamos à conclusão de que nada é mais democrático que Doom. O jogo roda em uma infinidade de plataformas diferentes. Não há desculpas para quem nunca jogou esse clássico.

E você, conhece algum outro dispositivo curioso que roda Doom e ficou de fora da lista?

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ