Alteração de nome na rede do PS4 pode fazer jogadores perderem troféus e DLCs

A Sony anunciou que finalmente vai atender a uma das principais exigências de donos dos consoles PlayStation: a possibilidade de alterar o nome escolhido para a rede PSN. O recurso vai começar a ser testado em breve mas, de acordo com um e-mail que está sendo enviado para quem vai fazer parte do programa beta, a ferramenta vai ter algumas limitações.

Desde que a PSN foi lançada em 2006, usuários não podem mudar o nome escolhido na hora do cadastro na rede. Isso significa que, para muita gente, a mesma identificação selecionada há 12 anos é usada hoje em dia. Essa limitação cria alguns transtornos e constrangimentos, especialmente para quem escolheu um apelido na adolescência e precisa continuar usando o mesmo na vida adulta.

Agora a Sony finalmente vai permitir que esse nome seja modificado. O recurso vai começar a ser testado em breve e, para a primeira alteração, será gratuito. Mudanças seguintes vão ser cobradas - com valores diferentes para assinantes do serviço PS Plus e quem não paga para jogar multiplayer online.

O problema é que quem escolher por mudar o nome vai ter alguns problemas, especialmente em jogos lançados antes de abril de 2018. Segundo o e-mail enviado pela Sony, os seguintes transtornos podem ser causados após a alteração:

  • Jogadores podem perder acesso a DLCs pagos, assim como moedas virtuais em alguns jogos
  • O progresso de jogos, arquivos de save e troféus podem ficar inacessíveis
  • Alguns recursos online podem não funcionar direito
  • A identificação antiga ainda poderá ser vista por algumas pessoas

E o pior é que mesmo se a pessoa escolher retornar ao nome de usuário antigo, não há garantia nenhuma de que a PSN voltará a funcionar do jeito que devia.

Cabe aos usuários agora arriscarem alterar o nome e perder acesso a essas coisas todas. É possível que tudo funcione normalmente - só não há garantia de que esse será o caso para todos.

Com os testes previstos para os próximos meses, a Sony planeja liberar o recurso para todos os usuários a partir do ano que vem. Talvez a empresa consiga uma maneira de garantir que a alteração não cause nenhum transtorno aos jogadores. Mas, até o momento, parece que essa mudança pode ser bem arriscada.

Vai às compras na BlackFriday? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ