Policial é preso por pedofilia depois de flagrante no Snapchat

Um estudante da Califórnia se passou por uma adolescente de 16 anos usando o filtro de troca de gênero do Snapchat para atrair intencionalmente aliciadores, mas não esperava que pegaria um policial

Um jovem da Bay Area, San Francisco, usou o filtro de troca de gênero do Snapchat para flagrar um policial que, supostamente, estava procurando por uma relação com uma menor de idade no Tinder. Ethan, estudante universitário de 20 anos, tirou uma foto de si mesmo e usou o recurso para se passar por uma adolescente chamada "Esther" como forma de caçar "predadores" de menores, segundo noticiou a NBC Bay Area, na terça-feira (11). 

O perfil falso dizia que Esther tinha 16 anos, o que aparentemente chamou a atenção do oficial de San Mateo, uma cidade da Califórnia, Robert Davies, informou a CBS News. Em seguida, eles mudaram a conversa para o Kik Messenger e, posteriormente, Snapchat.

Ethan, cujo sobrenome não foi divulgado, disse que tinha 16 anos, mas isso supostamente não incomodou o oficial. Ao contrário, suas mensagens "ficaram muito mais explícitas" na conversa, que durou mais de 12 horas. O aluno então enviou prints — tirados no Modo Avião, porque o Snapchat alerta quando uma captura de tela é feita — para o Crime Stoppers, que é o Disque Denúncia dos EUA.

De acordo com o Departamento de Polícia de San Jose, Davies foi preso, na semana passada por suspeita de Sex Chat (discutir/sugerir atividade sexual) com um menor nas mídias sociais.

O Departamento de Polícia de San Mateo declarou em comunicado que as ações de Davies "ocorreram enquanto ele estava de folga, em outro município" e que ele foi colocado em licença administrativa paga em meio à investigação.

"Essa suposta conduta, se for verdade, não é um reflexo de tudo o que defendemos como Departamento e é uma afronta aos princípios de nosso departamento e de nossa profissão como um todo", disse Susan Manheimer, chefe da polícia de San Mateo. "Como policiais de San Mateo, juramos servir e proteger nossas comunidades".

Ethan alegou à polícia que estava caçando possíveis predadores intencionalmente. Segundo o jovem, ele decidiu fazer por sua amiga, que lhe contou que havia sido molestada quando criança.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ