Passageira atrasa voo por confundir a porta de emergência com a do banheiro

Nem toda a tecnologia do mundo é à prova de humanos...

Um voo da companhia Pakistan International Airlines (PIA), que ia de Manchester (Inglaterra) para Islamabad, no Paquistão, estava programado para voar às 21h20 da última sexta-feira (10/6). Porém, ele foi adiado em oito horas. E o motivo é bastante peculiar e mostra que nem toda a tecnologia do mundo é à prova de humanos.

Você deve pensar em diversas hipóteses que fizeram com que o voo fosse atrasado, como falha mecânica, erro de planejamento, ou atrasos causados pelo mal tempo. Mas, nenhum desses motivos chega perto do que aconteceu de verdade: uma passageira abriu a porta de saída de emergência acreditando ser a do banheiro.

Como um porta-voz da companhia aérea declarou à CNN, após o lamentável incidente com a mulher, alguns passageiros saíram da aeronave enquanto ela ainda estava no chão, por uma espécie de “rampa” inflável que é ativada assim que a porta de emergência é aberta.

A passageira, cuja identidade não foi revelada, abriu a parte de trás do avião “porque pensou que levaria a um banheiro”, disso o porta-voz. O incidente ocorreu enquanto os sinais do cinto de segurança estavam ativados.

A tripulação de voos comerciais está geralmente sentada nas áreas de saída de emergência enquanto o voo decola. No entanto, não está claro por que eles não puderam impedir a mulher de abrir a porta e nem o motivo pelo qual ninguém a viu levantada enquanto o aviso de afivelar os cintos estava ligado.

Outra questão curiosa é que essas saídas têm todo o tipo de identificação. Além disso, esse tipo de porta não deve ser muito fácil de abrir. Logo, é bastante interessante ver que, aparentemente, ela foi aberta sem muita dificuldade. Será que essa passageira estava muito apertada? Provavelmente sim.

Em nota, a PIA disse:

Lamentamos a demora causada por um passageiro que abriu a porta de emergência. Recomendamos veementemente que os passageiros sigam as instruções de segurança, pois esses contratempos resultam em inconveniência para centenas de outros passageiros. Todos as pessoas que estavam a bordo e foram afetadas receberam um jantar. A PIA lamenta o inconveniente causado.

Após toda a confusão - e sem ninguém abrir portas indevidas novamente-, o voo finalmente deixou Manchester às 5 da manhã e chegou ao Paquistão às 16h10.

Via: Gizmodo

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ