Nokia é melhor que a Samsung em atualizações recentes do Android

Pesquisa mostra que a empresa finlandesa tem 96% de seus aparelhos atualizados na versão mais recente do Android

Os telefones da marca Nokia estão sendo atualizados para novas versões do Android significativamente mais rápido do que os modelos da Samsung, LG, Xiaomi, Huawei ou qualquer outro grande fabricante de smartphones, de acordo com um novo estudo.

A Counterpoint Research descobriu que 96% dos telefones Nokia vendidos desde o lançamento do Android Pie foram enviados com ou atualizados para a mais recente versão do Android. Samsung, Xiaomi, Huawei têm números na faixa de mais de 80%, mas nenhuma outra empresa que a Counterpoint analisou se aproximou do número da finlandesa. Lenovo e Oppo estavam abaixo de 50%, enquanto LG e outros estavam abaixo de 20%.

As atualizações lentas têm sido um problema permanente para os smartphones Android. Mesmo os principais telefones não garantem a execução da versão mais recente do sistema operacional do Google, e as atualizações para novas versões tendem a chegar lentamente. Ao contrário dos iPhones, que tendem a obter suporte da Apple por quatro ou mais anos, os telefones Android mais caros tendem a ter suporte por dois ou três anos. A promessa do Google em oferecer três anos para os telefones Pixel o torna um destaque.

A situação melhorou com o tempo. O Google fez alterações no Android que facilitam o fornecimento de atualizações pelos fabricantes e começou a exigir que os telefones populares recebam, no mínimo, dois anos de atualizações de segurança, o que é mais importante que as atualizações de recursos.

Ainda assim, como o Counterpoint mostra, a situação é ruim para a maioria das fabricantes de telefones. Olhando para o seu portfólio como um todo, as atualizações demoram ainda mais, com apenas três marcas de telefones - Nokia, Lenovo e Xiaomi - tendo metade do seu portfólio executando a versão mais recente do Android um ano após o seu lançamento, de acordo com o estudo.

Para tudo isso pior: como a Counterpoint aponta, à medida que essa tendência continua, a falta de atualizações significará mais pessoas executando versões desatualizadas do Android, perdendo recursos e atualizações de segurança, dificultando a vida dos desenvolvedores que precisam codificar para uma variedade ainda maior de dispositivos.

 

Via: The Verge

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ