Hackers trocam código-fonte de distribuição Linux por malware no Github

A conta no GitHub de uma distribuição Linux foi invadida por um ou mais hackers na tarde desta última quinta-feira. Os cibercriminosos substituíram o código-fonte original de alguns de repositórios da Gentoo por um malicioso, como informaram os desenvolvedores por trás do sistema em um alerta de segurança.

A Gentoo ainda está investigando os efeitos e as causas da invasão junto com o GitHub, mas já recomenda descartar qualquer arquivo baixado ou puxado da conta na plataforma ontem. Os códigos maliciosos inseridos nos repositórios durante o ataque podem ser usados para apagar arquivos no computador da vítima, segundo o site Hacker News.

O site oficial da distribuição, no entanto, não chegou a ser comprometido – ou seja, o conteúdo baixado por lá ou por algum mirror não deve oferecer riscos. Os desenvolvedores também foram rápidos em alertar usuários, o que deve minimizar os efeitos da invasão da conta.

A Gentoo não é uma das mais distribuições Linux mais populares, como Ubuntu ou Debian. Seu código serve, no entanto, como base para o Chrome OS, usado pelo Google nos Chromebooks, como lembra uma reportagem do ZDNet.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ