Golpe 'patrocinado' no Facebook promete R$ 150 de desconto em Uber

[Atualizado em 24 de agosto com o posicionamento do Facebook]

Está circulando pelo Facebook a postagem de uma página chamada "Promoção Uber" dizendo que você pode ganhar R$ 150 em cupons de descontos no aplicativo de transporte privado se fizer um cadastro. Mas não se iluda, a promoção não é real. Trata-se de mais um golpe de phishing espalhado por mídias sociais.

Ao seguir o link fornecido pelo post, o usuário é levado a uma página que diz: "Ganhe R$150,00 para viajar em qualquer uma de nossas afiliadas". Para se cadastrar, porém, é preciso preencher um formulário de informações sensíveis, como número do cartão de crédito, data de validade e código de segurança.

O formulário pedindo dados sensíveis já é indício suficiente de que se trata de um golpe. Afinal, de posse dos dados do seu cartão, criminosos podem fazer compras pela internet em seu nome. Mas não para por aí. Chama a atenção o fato de que a URL da página é "ubeviagem.com.br", e não Uber, com R no final. Mais um indício de golpe.

Também vale destacar que pelo menos um dos posts feitos para divulgar o esquema foi patrocinado - isto é, a página que fez a publicação pagou para que o Facebook a exibisse para o maior número possível de pessoas dentro de um público-alvo pré-definido. O que vai contra as Políticas de Publicidade da rede social.

Não é a primeira vez que um golpe do tipo circula pelo Brasil. Em fevereiro nós noticiamos uma corrente de links enviados por e-mail informando sobre uma suposta promoção de R$ 100 em descontos no app da Uber a serem usados durante o Carnaval. O objetivo era o mesmo: roubar dados de cartões de crédito.

Se você visualizar este post no seu feed de notícias, portanto, não clique e nem compartilhe, mas denuncie a publicação como spam à rede social. Se você já foi vítima do golpe, entre em contato com a operadora do seu cartão de crédito e informe o problema para impedir que sua conta seja explorada.

Em nota, a Uber diz: "em situações como a relatada pela reportagem, orientamos os usuários a verificar se os links pertencem o site oficial (uber.com) e, mais importante, nunca compartilhar os dados de seu cadastro, como senhas, uma vez que esses dados devem ser tratados com o mesmo cuidado que dados bancários, por exemplo."

"A Uber utiliza preferencialmente os canais oficiais da empresa para entrar em contato com seus usuários. Quando isso não é possível, contatos por e-mail ou SMS remetem, sempre, a endereços do site oficial uber.com", completou a empresa.

Já o Facebook enviou ao Olhar Digital a seguinte resposta: "O Facebook não teve acesso aos dados deste caso específico, entretanto, agradecemos ao Olhar Digital por ter nos alertado sobre este assunto que fere nossas Políticas de Publicidade".

Agradecemos ao leitor Wiston Balbino de Lima que nos mandou o alerta. Se você também tem alguma sugestão de pauta ou denúncia de golpes online, fale conosco.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ