Fundador da Huawei: "Os Estados Unidos não vão nos derrotar"

Em sua primeira entrevista desde que sua filha foi presa, Ren Zhengfei diz que o mundo precisa da Huawei

Ren Zhengfei, fundador de Huawei, conta em entrevista para BBC que as acusações do governo norte-americano e indiciamentos criminais, incluindo fraude e roubo de segredos comerciais, não serão suficientes para derrubar a Huawei.

“Não existe a possibilidade dos EUA acabarem com a gente”, afirmou ele. Ainda comentou que mesmo que os Estados Unidos tentem convencer outros países a não usarem produtos da empresa, isso não será o suficiente.

A filha de Zhengfei, Meng Wanzhou, chefe do setor financeiro da Huawei, foi presa no Canadá a pedido da polícia do EUA. No momento, autoridades norte-americanas tentam extraditá-la para que ela possa ser levada a julgamento no país.

A empresa tem enfrentado acusações severas do Estados Unidos, que alega que a Huawei é uma ameaça à segurança nacional e um meio de espionagem do governo chinês.

Apesar da Huawei ter negado repetidamente as acusações, os norte-americanos decidiram restringir a presença da marca chinesa na América. Espera-se também que o presidente Trump emita uma ordem executiva limitando ainda mais as vendas desses equipamentos no Estados Unidos.

Hoje (19/2), forças da inteligência britânica afirmaram que o risco de segurança do uso de celulares 5G da empresa seriam administráveis.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ