EUA tem surto de ameaça de bombas por e-mail exigindo resgate com Bitcoins

A bolha da Bitcoin pode ter murchado, mas ela ainda é o método de pagamento preferido de golpistas e do cibercrime. Um golpe se espalhou pelos Estados Unidos nesta semana com falsas ameaças de bomba recebidas por e-mail. Os alvos eram orientados por e-mail a pagar uma quantia em Bitcoin para que o artefato não fosse explodido.

Foram percebidos inúmeros casos ao redor do país, especialmente durante a última quarta-feira, 12, quando o Escritório de Antiterrorismo da Polícia de Nova York chegou a emitir um comunicado pelo Twitter alertando que as ameaças estavam sendo investigadas, mas que naquele momento não eram consideradas críveis.

Entre os estabelecimentos ameaçados estavam empresas, escolas, escritórios governamentais e até mesmo residências. As mensagens dizem que a bomba foi plantada por um parceiro do autor do e-mail, e, em alguns dos casos a mensagem nota que há várias ameaças acontecendo simultaneamente, e que uma explosão ajudaria o criminoso a receber o dinheiro mais rapidamente dos outros ameaçados.

Em boa parte dos casos levantados ao longo do dia, a mensagem de ameaça é similar e pede basicamente a mesma quantia: US$ 20 mil em Bitcoin, o que na cotação atual da moeda é algo próximo de 6 Bitcoins.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ