Algoritmo ajuda a identificar usuários deprimidos

A ferramenta analisa tuítes para reconhecer expressões que possam indicar que um indivíduo está em depressão. Desde fevereiro, já foram identificados 300 mil potenciais casos

A depressão é uma doença que requer acompanhamento constante. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), há cerda de 800 mil suicídios anuais — o que significa que uma pessoa morre dessa forma a cada 40 segundos.

Muitas dessas pessoas usam um determinado grupo de palavras para se expressar, como uma “linguagem da depressão”. E esses sinais estão no comportamento desses indivíduos nas redes sociais. O Algoritmo da Vida, desenvolvido pela Bizsys, é capaz de identificar expressões e frases que indicam sintomas de depressão em publicações no Twitter.

Depois disso, uma equipe treinada analisa as palavras e expressões para considerar contexto, ironias, recorrência de termos e periodicidade. Em operação desde fevereiro, o algoritmo já detectou quase 300 mil menções e expressões que potencialmente utilizam a linguagem da depressão.

Em seguida, um perfil criado para a ação entra em contato com o usuário e indica o telefone do Centro de Valorização da Vida (CVV). A plataforma pode ser aprimorada, já que aprende pelo contato com novos conteúdos.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ