Busca

Apenas em Carros e Tecnologia Em todo o site

Tesla mantém a promessa de lançar o sistema de direção autônoma antes de todos - ou quase isso

A montadora de Elon Musk fez uma promessa aos compradores difícil de cumprir.

Os clientes da Tesla que compraram o serviço  Full Self-Driving - um sistema de computação voltado para carros autônomos - terão acesso prioritário a um novo software, segundo um anúncio feito em resposta ao post do site Ars Technica, no qual a página dizia que o que a companhia está entregando atualmente é apenas "algo parecido" com o que ela havia prometido anteriormente.

O post, feito em março, intitulado “Upgrading to Autopilot and Full Self-Driving Capability” (algo como "Fazendo o upgrade de capacidade de pilotagem autônoma no Full Self-Driving"), fala sobre o fato de que a marca está oferecendo a possibilidade de compra do “Tesla’s driver-assistence” a preços mais baixos do que os anunciados anteriormente. Esse recurso dá acesso ao “Full Self Driving”, ou seja, um veículo que possui a tão esperada tecnologia para dirigir sozinho, sem a intervenção do motorista.

O pronunciamento deixou os consumidores que investiram milhares de dólares em carros da marca em 2016, 2017, 2018, e até em 2019, irritados. Isso porque eles não receberam o retorno do investimento e o preço dos veículos em questão, atualmente, está abaixo do valor pago por eles.

Para tentar acalmar os ânimos, o mesmo blog fez um post dizendo que eles não serão prejudicados, já que receberão um convite para participar do Tesla’s Early Acess Program (EAP), que fornece a oportunidade de testar suas funcionalidades antes dos outros consumidores. A medida deu certo: muitos compradores ficaram animados com a ideia.

No entanto, os convites não foram feitos e, em abril último, os posts que anunciavam as mudanças simplesmente desapareceram do site, o que causou uma repercussão ainda pior e gerou a dúvida se Tesla realmente cumpriria suas promessas.

Em entrevista realizada ao Ars Technica, a empresa afirmou que o conteúdo foi retirado do site porque possuía valores desatualizados que poderiam confundir os consumidores, mas deixou claro que vão honrar o acordo e que logo irão compartilhar o acesso aos usuários.

Apesar disso, em 1º de junho, os primeiros compradores ainda estavam esperando pelo convite do programa. Por isso, o Ars Technica novamente perguntou à empresa sobre datas. A Tesla afirmou que eles estão prontos para disponibilizar as atualizações do novo software aos compradores do “Full Self Driving”.

Logo, o site afirma que a proposta feita antes de março de 2019 nunca foi realista, já que a EAP é um programa extremamente restrito, no os poucos que o testam podem dar um feedback da atualização aos engenheiros. Além disso, o número de compradores é muito maior que o número de vagas disponíveis no programa, por isso, Tesla está elegendo novas formas dos compradores terem acesso a esse serviço sem, de fato, participar do EAP.

Também é necessário considerar que não necessariamente os compradores querem participar do programa. Portanto, estarão legíveis apenas aqueles que escolherem a função avançada do “Tesla Update Preference”. Nessa função, há uma grande diferença dos mecanismos anteriores, mas elas também dependem do modelo de carro escolhido ou do local em que o consumidor está. Logo, mesmo que você tenha sido um dos primeiros compradores e tenha escolhido o modo avançado, talvez não faça parte da seleção da EAP.

Então, tecnicamente, a Tesla não cumpriu a promessa, já que apenas alguns consumidores podem ser selecionados, o que causou uma mistura de sentimentos entre eles: enquanto alguns só desejam ter a atualização o quanto antes, outros estão frustrados com a falta de comprometimento.

Esse incidente mostra uma clara diferença entre a Tesla e outras companhias de carro, que provavelmente jamais fariam uma promessa do tipo sem calcular a viabilidade da mesma.





Primeiro carro elétrico a receber prêmio de segurança
Carro elétrico recebe prêmio de segurança máxima pela primeira vez
A primeira moto elétrica da Harley-Davidson
CET testa tecnologia de fiscalização de Zona Azul em São Paulo
99 testa viagens com carros elétricos em Curitiba
Carro da Tesla explode depois de colidir com caminhão
Novo Chevrolet Cruze Premier possui Wi-Fi nativo a bordo
Carros autônomos começam a operar em Nova York
Veículos autônomos chegam à cidade de Nova York
Hyundai mostra primeiro carro com painel solar no teto
Japão realiza teste com carro voador
Pesquisadores da USP vencem desafio internacional de carros autônomos
Carros autônomos hackeados causariam cenário caótico, diz pesquisa
Câmera de vigilância de um Tesla Model 3 grava homem arrombando carro
Amazon vai entregar pedidos no porta-malas de carros da Honda
Tesla vai consertar falha de funcionamento do 'Dog Mode'
Ônibus autônomo vai circular em Brasília ainda este ano
Carros elétricos vão gerar novos empregos
Estacionamento autônomo deve aposentar manobristas no futuro
Ônibus autônomo atinge pedestre durante teste na Áustria
Empresa cria menor dispositivo Lidar do mercado
Evija é o primeiro hipercarro 100% elétrico da Lotus
Inteligência Artificial sabe quando motorista quer música ou ar frio
Radares a laser mais baratos
Inteligência artificial pode preservar baterias de carros elétricos
Mercedes vai lançar SUV elétrico no Brasil em 2020